Investir em SEO ou SEM?

Estar bem posicionado nos mecanismos de busca é um dos passos para levar sua empresa ao sucesso financeiro. Entenda como investir em SEO e em SEM; e a diferença dessas siglas do marketing digital.

No vocabulário do marketing digital há inúmeras expressões que são usadas, mas que nem sempre ficam claras para o profissional (ao menos em um primeiro momento).

Algumas delas, inclusive, são abreviações de longas expressões e hoje destacamos duas: SEM e SEO.

Antes de qualquer coisa, o que é preciso entender é que ambas tem o mesmo objetivo:aumentar a visibilidade das buscas em um site.

Isso tem a ver com as estratégias do marketing digital, que podem levar alavancar o sucesso de qualquer negócio.

Vamos colocar os pingos nos is!

SEO é a abreviação de Search Engine Optimization e tem referência com técnicas usadas para melhorar o posicionamento natural da empresa.

De modo geral, ele tem a ver com as atividades realizadas por ela que devem ser incluídas nos motores de buscas.

Essa otimização é importante e deve acontecer com o conteúdo da web, a criação de links, velocidade de carregamento e outras práticas que aumentam a popularidade.

A dica é observar que cada uma das técnicas de SEO tem suas vantagens (e também desvantagens).

E o que é SEO então? É basicamente a ação de você otimizar os seus buscadores, do seu site, canal do Youtube ou outros meios para buscadores.

Atenção: há vários buscadores além do Google, como o Bing, o Yahoo, o Youtube, o Facebook, o Pinterest. Todas a plataformas que tem uma base de usuários muito grande acabam se tornando um buscador também!

SEM é o nome curto de Search Engine Marketing e se refere as técnicas implementadas como parte de uma campanha de marketing na web para melhorar o ranking de um site nos motores de busca, também!

A diferença é que ele engloba justamente o SEO (que é um tráfego livre e natura) e o SEO Pago (chamados também de links patrocinados).

Falando bem resumidamente, é como se para conseguir um bom tráfego orgânico, fosse preferível usar as ferramentas de SEO. Já para links pagos, recomendam-se os links patrocinados, como o Google Adwords.

A diferença geral, para facilitar a compreensão, é que o SEM é uma área geral do marketing digital e o SEO é uma ferramenta dentro dessa área.

É por isso que falamos que essas expressões visam um mesmo fim, já que são complementares e não alternativas.

Elas formam uma estratégia de marketing digital muito eficiente: com a soma dos links patrocinados e a otimização dos sites.

Isso é vantajoso do ponto de vista financeiro porque faz com que qualquer empresa consiga destaque e crescimento no mercado em que atua.

O SEO e as palavras-chaves
Esta parte do artigo será mais voltada para o SEO. E também vamos falar de conteúdo.
Independente do que você esteja vendendo, vai precisar criar conteúdo de qualidade.

Você tem que se relacionar muito bem com o seu cliente e os futuros clientes.

A questão é exatamente essa: como conseguir trazer qualidade além das técnicas SEO?

Isso não é tão fácil assim... Só que também não é nada impossível.

O desafio de todo jornalista, escritor, profissional do marketing é conseguir justamente encontrar o equilíbrio entre esses dois pontos: qualidade e SEO.

Para conseguir esse êxito, o primeiro ponto a ser pensado é exatamente sobre as várias formas de posicionar o seu material.

Estamos produzindo este texto de forma sintética e objetivo, portanto, não vamos poder listar todas essas variáveis, mas consideramos algumas!

Antes de tudo, defina a sua palavra-chave. Isso é essencial para conseguir bons resultados orgânicos. Afinal, estamos trabalhando com SEO, ok?

A partir desse pressuposto é preciso considerar alguns pontos: a palavra-chave tem que estar no título do seu texto e também na URL (que é o link do seu material).

Outra dica: os intertítulos precisam ter a expressão principal do artigo e ela deve ser repetida durante o texto, mas nada exagerado.

Até mesmo a imagem deve ter a palavra-chave no nome do arquivo.

O importante é considerar que existem várias formas de otimizar um site através do conteúdo, mas tudo gira em torno da palavra-chave. Nesse caso, palavra-chave e SEO nunca devem ficar separadas, está bem?

E quando você encontra uma palavra chave que funciona para o seu negócio, pode ter certeza que ali há uma oportunidade para você ganhar muito dinheiro.

O caso Leroy Merlin
Antes de terminar este tópico, podemos até mesmo citar um caso de sucesso que foi divulgado na internet nos últimos dias.

Diego Lemos é supervisor de marketing da Leroy Merlin e contou em uma conferência de e-commerce como conseguiu trazer para a realidade da empresa a importância do SEO – mais de 55% das vendas da companhia vieram do tráfego orgânico.

O resultado é que hoje a Leroy tem mais de 10 milhões de visitas e 6 milhões de visitantes únicos, ou seja, quase metade deles são novos visitantes.

“A nossa estratégia foi propagar o SEO na empresa. Aproximei-me das áreas e expliquei para as pessoas como elas podiam ajudar a vender mais”, ele comentou ao citar expressões como SEO, SEMRush e Google Analytics.

Curiosidade – SEO On Page e SEO Off Page
Esse final de artigo é apenas para aqueles curiosos que já ouviram falar em On Page e Off Page quando o assunto é SEO, mas que não sabem exatamente o que isso significa.

Na prática, é muito fácil entender: SEO On Page tem a ver com os ajustes que podem ser feitos em um site a fim de garantir o melhor posicionamento nas buscas orgânicas.

Esse tipo de otimização nada mais é do que a programação do site de maneira geral (formatação, tempo de carregamento, design, etc).

Por outro lado, o SEO Off Page tem a ver com as atividades que são feitas fora do site.

Por exemplo, podemos destacar aqui os
  • link buildings (busca por links de outras páginas recomendando seu site), 
  • co-marketing (relacionamento com outros sites), 
  • guest post (escrever conteúdos para outros sites como recomendação do conteúdo).
Viu como é fácil compreender as abreviações, códigos e nomenclaturas?

No marketing digital quase tudo faz sentido se você consegue definir o termo. SEO e SEM, portanto, são importantes e agora você não vai mais confundir:

Basta lembrar que SEO é o mecanismo orgânico enquanto SEM é o marketing em geral.

O primeiro é um conjunto de técnicas e o outro uma área, muito mais ampla. Ambos são importantes, considere-os!

FONTE: administradores

Postar um comentário

[facebook]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.